Notícias
  • Publicado em:12/01/2017

Existem três tipos de cremes contra as rugas: os cosméticos, os cosmecêuticos e os medicamentos. Enquanto os cosméticos apenas hidratam a pele, sem alterar a sua estrutura, os cosmecêuticos prometem penetrar mais na pele, sem os efeitos adversos que podem acontecer no uso de medicamentos. Eles são utilizados em pacientes com a pele sensível e têm como principais compostos o retinol, os chamados alfa-hidroxiacidos (glicólico e lático) e as vitaminas C e E. Entre os medicamentos, o mais famoso e indicado é o ácido retinoico. 

A dermatologistas explicam que o modo de ação destes três tipos é parecido. Os ácidos presentes neles removem a camada morta da pele, o que permite que o produto penetre. A ação das substâncias promove um estímulo para produção de novas células. "Com isso, aumenta a concentração de colágeno e elastina, proporcionando maior firmeza e elasticidade da pele, o que, por sua vez, atenua as rugas existentes e previne o aparecimento de novas", conta a profissional. 

As vitaminas C e E agem como antioxidantes na pele, assim como o chá verde, a idebenona e o café verde, substâncias que costumam aparecer nos cremes. Todas atuam contra os efeitos dos radicais livres, causados por exposição solar, tabaco e poluição. 

Há outros compostos que clareiam a pele e dão luminosidade porque diminuem a produção de melanina. "Produtos com tecnologia lipossomal ou de nanopartículas penetram mais profundamente e possuem liberação prolongada do composto, evitando irritações e outros efeitos indesejáveis", afirma Vanessa. 

A aplicação, em geral, vária de acordo com o creme utilizado. No caso do ácido retinoico, que é mais forte e tem sensibilidade ao sol, o uso é recomendado à noite, todos os dias para peles normais e em noites alternadas para peles mais sensíveis. Já outros compostos mais fracos, como vitamina C e ácido glicólico, podem ser aplicados pela manhã. 

Para aplicar o creme da forma correta, sempre fazer movimentos que "levantem" a pele, sempre acompanhando a musculatura natural da pele. A movimentação correta levará ao efeito de lifting.

Fonte: Minha Vida