Notícias
  • Publicado em:23/02/2017

Comer uma pera antes de uma noite de bebedeiras ajuda a aliviar os efeitos da ressaca. É o que diz a pesquisa da Commonwealth Scientific and Industrial Organisation. Os estudiosos chegaram à conclusão que pessoas que sofrem com uma ressaca se sentem 21% melhor se ingeriram pera ou seu suco antes de abusar do álcool. As peras também reduzem a sensibilidade à luz e sons. 

De acordo com os pesquisadores a orientação é comer uma pera ou 200 ml de suco de pera antes de abusar das bebidas alcoólicas. O tipo de pera que foi estudada é a Asiática, os estudiosos acreditam que a pera possui uma enzima que está envolvida no metabolismo do álcool. 

Estes benefícios da pera só foram observados quando a pessoa ingeriu a fruta ou suco antes de consumir álcool. Não há evidencias de que consumir peras após a bebedeira ajude de alguma forma. 

A seguir confira atitudes que ajudam a prevenir ou aliviar uma ressaca:

Coma bem

Alimentar-se antes de beber é a regra de ouro contra a ressaca. "Quando bebemos de estômago cheio, os alimentos diminuem a difusão do álcool pelas paredes do estômago e retardam a passagem do álcool para o intestino, onde ele é rapidamente absorvido", explica Fabiana. Dessa forma, o álcool entra gradualmente na corrente sanguínea e demora mais tempo para chegar ao cérebro.

Atenção com o fígado

Procure ingerir alimentos que irão proteger o seu fígado. É ele que fabrica a enzima que digere o álcool e, quando sobrecarregado, produz uma toxina que causa dor de cabeça. Dias antes, encare um suco de beterraba e alho para turbinar o órgão. Inclua na sua refeição alimentos com gordura poli-insaturada, encontrada em peixes e no azeite de oliva extravirgem. Ou então, pegue a sua colher de azeite, despeje-a num prato, adicione sal e mergulhe pedaços de pão na mistura.

Beba moderadamente

A nutricionista Fabiana Honda aconselha intercalar a bebida com quitutes e copos de água. Dessa forma, o álcool não fica sozinho no estômago e, claro, você bebe menos, já que a barriga cheia reduz o espaço para as bebidinhas. "Os petiscos com carboidrato e/ou gordura retardam a absorção do álcool, por exemplo, uma torradinha com patê ou um pedaço de queijo", recomenda. Dê preferência aos queijos, ricos em gordura, e às carnes, fontes de proteína, que facilitam a digestão do álcool. Castanha, amendoim, queijo e, para extrapolar, salaminho são bem-vindos. O sal e a gordura estimulam a secreção de substâncias estomacais que protegem o estômago do álcool. Mas evite petiscos muito salgados, que aumentam a sede a não ser que você opte por água.

Fonte: Minha Vida