Notícias
  • Publicado em:22/08/2018

A maquiagem vegana é uma nova alternativa para as pessoas que adotam um estilo de vida baseada no veganismo. Ser vegano nada mais é do que respeitar os direitos dos animais, não consumindo nada que seja de origem animal ou que faça testes em animais, evitando assim a exploração dos mesmos.

Da mesma maneira, os cosméticos veganos não fazem testes cruéis em animais e não contêm nenhuma substância de origem animal em seus componentes. Todos os cosméticos veganos têm que ser totalmente naturais, sem derivados de animais ou sintéticos, com compostos de no mínimo 10% de origem orgânica.

Então, qual a diferença entre um produto vegano e um produto natural? Para você entender, vamos citar um exemplo: um produto que contém mel pode ser natural e orgânico, mas como o componente é de origem animal, então o produto não é vegano.

Os benefícios das maquiagens orgânicas são seus ingredientes com baixo risco de agredir a pele ou dar alergias. Além disso, eles hidratam e ajudam na renovação das células.

Vantagens da maquiagem vegana:

– Não produz reações alérgicas

– Ecologicamente correta

– A pele não fica ressecada

– Previne acnes (os poros permanecem fechados)

Mas tome cuidado! Algumas empresas de cosméticos se denominam orgânicas e veganas, mas nem sempre são. Algumas dizem que não fazem testes em animais, mas contratam empresas que fazem. Para você ter certeza sobre a veracidade do título do produto, busque saber quais certificações ele tem.

A certificação “cruelty-free”, da People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), garante que os produtos não foram testados em animais, mas não garante que eles não possuem componentes de origem animal. Já o selo “Cruelty-free and Vegan”, também da PETA, assegura ambas condições, sendo essa então a garantia de que o produto é vegano.  Outra certificação é a vegan society, colocada em produtos que não têm ingredientes de origem animal.

 

Fonte: Lohas