Notícias
  • Publicado em:04/12/2015

Após eliminar as gordurinhas indesejáveis na lipoaspiração, os cuidados no pós-operatório devem serredobrados. Seguir as recomendações médicas no pós-operatório aumenta a chance de obter um bom resultado, uma vez que o tratamento não se encerra com o fim do ato cirúrgico. Trata-se de um conjunto de fatores que incluem procedimentos como a prescrição de medicações e tratamentos fisioterápicos. 

A falta de cuidados neste período pode causar problemas na cicatrização, infecções, manchas cutâneas, fibroses, depressão, aderências e até consequências muito mais severas, colocando, muitas vezes, a vida da paciente em risco.

Para que você obtenha ótimos resultados no pós-operatório da lipo, veja alguns passos a seguir:

1) Repouso

Ao receber alta, a paciente deve permanecer em repouso relativo (não ficando deitada o tempo todo) em casa durante três dias. Após a cirurgia a paciente deve obedecer o corpo, estando liberado para realizar as atividades do dia-a-dia, desde que se sinta bem ao realizá-las. Mesmo que a paciente sinta necessidade de permanecer em repouso mais tempo, por dor e cansaço no corpo, pequenas caminhadas dentro de casa são obrigatórias em intervalos regulares para evitar complicações importantes, como trombose das pernas.

2) De volta às atividades físicas

Após 15 dias a paciente já pode retornar às atividades físicas, iniciando progressivamente com caminhadas leves, de 2 a 3 km. Após um mês de cirurgia, é recomendado praticar exercícios físicos para assegurar o peso e impedir que as gordurinhas voltem.

3) Cinta modeladora

Durante 40 a 60 dias, os médicos recomendam o uso da cinta modeladora. As cintas cirúrgicas, também conhecidas como malhas compressoras, aceleram a reabsorção do inchaço, auxiliam na cicatrização dos tecidos e evitam o aparecimento de irregularidades e depressões na área tratada.

4) Alimentação

A alimentação é outro fator muito importante no pós-operatório da lipoaspiração. Esta deve ser nutritiva, balanceada e não pode ser muito restrita no pós-operatório inicial (primeiros 10 a 15 dias), pois nessa fase o organismo está se recuperando da agressão representada pelo procedimento cirúrgico. O pós-operatório inicial não é o momento para dietas. Não deixe de consumir frutas, verduras, legumes e vitaminas, além dos alimentos ricos em ferro, que ajudam na reposição da perda de sangue. Passado este período inicial, é importante que a mulher faça uma dieta equilibradapara não engordar e colocar a perder o resultado da cirurgia. 

Fonte: Corpo a Corpo